rfi

No ar
  • RFI em Português
  • Noticiário em Português
  • RFI Mundo

África África Lusófona Cabo Verde Paludismo Malária

Publicado a • Modificado a

Cidade da Praia com menos casos de malária

media
Número de casos de paludismo na Cidade da Praia começou a diminuir. Adam M. Richman / Sanaria Inc. / AFP

O registo diário de casos de paludismo na Cidade da Praia, em Cabo Verde, diminuiu de oito para três na última semana. As autoridades divulgaram que "a situação é mais animadora" mas que ainda não está controlada e que é preciso manter a luta contra os mosquitos.


Neste fim-de-semana, a câmara municipal da Cidade da Praia esteve a realizar uma mega campanha de recolha de lixo e demolição de pardieiros. O objectivo é combater os focos de mosquitos transmissores do paludismo, numa altura em que as autoridades afirmaram que o número de casos está a diminuir.

Na última semana, na capital, houve três casos diários registados, contra os anteriores oito. A delegada de saúde da Praia, Ulardina Furtado, falou em "situação mais animadora". Neste momento, há 244 casos.

O pico do paludismo em Cabo Verde acontece, normalmente, nos meses de Outubro e Novembro. Ulardina Furtado pediu o empenho de todos na luta contra os mosquitos porque a situação ainda não está controlada.

Oiça aqui a reportagem de Odair Santos, correspondente em Cabo Verde.

Reportagem de Odair Santos, Correspondente em Cabo Verde 24/09/2017 ouvir