rfi

No ar
  • RFI em Português
  • Noticiário em Português
  • RFI Mundo

Jogos Olímpicos Rio2016 Boxe Cabo Verde

Publicado a • Modificado a

Boxe cabo-verdiano estreia-se no Rio2016

media
Davilson Morais, segundo pugilista "olímpico" de Cabo Verde www.coc.cv

O pugilista cabo-verdiano Davilson Morais faz esta noite a sua estreia olímpica. Davilson Morais é o segundo puglista cabo-verdiano a estar presente nos Jogos Olímpicos.


Depois de ficar de fora no primeiro combate, fruto do sorteio, Davilson Morais, da categoria de + 91 quilos, defronta o britânico Joseph Joyce a partir das 21:00, hora cabo-verdiana.

O adversário do cabo-verdiano é de grande qualidade, tendo sido campeão do World Series of Boxing em 2015 e ganho em abril passado uma medalha de ouro na pré-olimpíada europeia.

Mas a motivação é grande. Davilson Morais é o segundo puglista cabo-verdiano a estar presente nos Jogos Olímpicos, depois de Flávio Furtado, o actual presidente da Federação Cabo-verdiana de Boxe, que representou o arquipélago nos Jogos de 2004 em Atenas.

No atletismo, Angola e Guiné-Bissau perderam hoje os seus representantes nos 100 metros.
O velocista guineense Holdér da Silva foi quarto na série 1 da fase preliminar ao passo que o angolano Hermenegildo Leite ficou em último na série 2.

Já ontem, o segundo representante do atletismo angolano foi eliminado. Liliana Neto, atleta de 19 anos, terminou em 7º entre oito participantes da série 1 das eliminatórias dos 100 metros.

Ainda pelo atletismo, Cabo Verde e Moçambique disputam esta segunda-feira a primeira eliminatória dos 400 metros barreiras em masculinos com Jordin Andrade e Kurt Couto, respectivamente.