rfi

No ar
  • RFI em Português
  • Noticiário em Português
  • RFI Mundo

Governo Política Empresas Privatização Estado Sonangol Economia

Publicado a • Modificado a

Privatizações em catadupa em Angola

media
Sede da Sonangol em Luanda. AFP

Um vasto programa de privatizações vai ser iniciado pelo Governo de Angola. O anúncio foi feito pelo ministro do Estado e da coordenação económica que apresentou o dispositivo.


O governo anunciou oficialmente na terça-feira 13 de Agosto, um programa de privatizações de 195 empresas detidas ou participadas pelo Estado, como previsto pelo decreto de 5 de Agosto, 80 empresas sê-lo-ão já em 2019 mas o processo vai decorrer até 2022, sob a orientação do Banco Mundial.

Do total 175 empresas serão alienadas por concurso público, 11 por leilão em bolsa e 9 por oferta pública inicial.

Entre elas figuram a Sonangol, Endiama, TAAG, ENSA os bancos BCI, BAI, Caixa Geral de Angola, Banco Económico, Unitel, Angola Telecom e muitas outras, o que leva alguns sindicatos a lançarem o alerta sobre o aumento do desemprego que as privatizaçoes podem provocar.

Manuel Nunes Júnior, ministro do Estado e da coordenação económica, apresentou o dispositivo e respectivos objectivos em prol de uma maior eficácia.

Manuel Nunes Júnior, ministro do Estado e da coordenação económica 14/08/2019 ouvir