rfi

No ar
  • RFI em Português
  • Noticiário em Português
  • RFI Mundo

Luanda Estádio Futebol Morte Feridos Liga dos Campeões da CAF

Publicado a • Modificado a

Luanda: 5 mortos à saída do estádio 11 de Novembro

media
Adeptos frente ao estádio 11 de Novembro em Luanda RFI / Pierre René-Worms

Cinco pessoas morreram e sete ficaram feridas no fim do jogo que no sábado opos o 1° de Agosto ao TP Mazembe da RDC, nos quartos de final da Liga dos Campeões Africanos, desafio que terminou em empate a zero bolas.


Cinco mortos por asfixia, entre os quais duas crianças de 10 e 12 anos e 3 pessoas da mesma família e sete pessoas feridas em gravidade é o balanço dos tumultos ocorridos este sábado (15/09) no fim do jogo que opos o clube angolano 1° de Agosto - tricampeão angolano e pela primeira vez apurado para os quartos de final da Liga dos Campeões Africanos de futebol - ao TP Mazembe da RDC, que terminou em empate a zero bolas.

Avelino Miguel, correspondente em Luanda 17/09/2018 ouvir

O estádio 11 de Novembro, construído para o Campeonato de África das Nações em 2010 tem capacidade para 50 mil pessoas e estava quase lotado, mas o contexto em que esta tragédia ocorreu, já fora do muro do estádio, ainda não é claro e o Ministério da Juventude e Desportos mandou instaurar um inquérito, para averiguar as causas do acidente.

O clube desportivo 1° de Agosto apresentou pesâmes às famílias enlutadas e promete ajudar financeiramente na realização dos respectivos funerais.

Ainda antes do inicio do jogo a polícia deteve oito pessoas, que entraram no relvado e começaram a sacudir as redes das balizas.

Os bombeiros evacuaram para o hospital um espectador que caiu da bancada, aparentemente embriagado.

A segunda mão dos quartos de final terá lugar em Lumumbashi na RDC a 21 de Setembro.

De recordar que a 10 de Fevereiro de 2017 tumultos semelhantes causaram a morte de 17 pessoas no estádio 4 de Janeiro no Uíge, durante o jogo inaugural do girabolo opondo os clubes Santa rita de Cássia e o Recreativo do Libolo.