rfi

No ar
  • RFI em Português
  • Noticiário em Português
  • RFI Mundo

Angola África África Lusófona Processo Julgamento Justiça Rafael Marques

Publicado a • Modificado a

Angola: Rafael Marques e Mariano Brás foram absolvidos

media
Rafael Marques, jornalista angolano. RFI/Sonia Rolley

Os jornalistas Rafael Marques e Mariano Brás foram absolvidos da prática dos crimes de injúria e ultraje ao órgão de soberania. E isto no caso que os opunha ao antigo procurador no caso de uma notícia sobre um projecto imobiliário no Cuanza sul de João Maria de Sousa.


O Tribunal Provincial de Luanda decidiu absolver, nesta sexta-feira 6 de Julho, os jornalistas Rafael Marques e Mariano Brás, que tinham sido acusados de crimes de injúria e ultraje ao órgão de soberania, num processo que foi movido pelo ex-Procurador-geral da República de Angola, João Maria de Sousa.

No tribunal os advogados do ex-Procurador-geral da República de Angola, João Maria de Sousa, tinham pedido a condenação de Rafael Marques e de Mariano Brás, pela publicação de uma notícia, há dois anos, que levantava suspeitas de corrupção contra o então Procurador-Geral da República. Os advogados também pediram também o pagamento de uma indemnização de cerca de quatro milhões de kwanzas, aproximadamente 13 500 euros.

O jornalista da publicação "O Crime", Mariano Brás, estava acusado de ter retomado a notícia publicada por Rafael Marques.

Após vários adiamentos, o Tribunal Provincial de Luanda acabou por absolver os dois jornalistas.

Logo após a leitura da sentença o jornalista Rafael Marques saudou uma decisão histórica e prometeu atento e pronto a denunciar práticas de corrupção.

Rafael Marques, jornalista angolano 06/07/2018 ouvir