rfi

No ar
  • RFI em Português
  • Noticiário em Português
  • RFI Mundo

Airbus França Toulouse África África Lusófona Angola João Lourenço Visita oficial Economia

Publicado a • Modificado a

JLo em Toulouse para diversificar economia

media
João Lourenço, Presidente de Angola. 28 de Novembro de 2017. ISSOUF SANOGO / AFP

O Presidente de Angola, João Lourenço, está hoje na cidade de Toulouse, no sudoeste de França, onde vai visitar as fábricas da ATR e Airbus. A agenda inclui ainda um almoço com as autoridades franceses para falar de descentralização e a deslocação a várias instituições agrícolas.


O segundo dia da viagem oficial do Presidente de Angola a França, João Lourenço é passada na cidade de Toulouse, sudoeste do país.

O chefe de Estado angolano visita esta manhã as fábricas ATR e da Airbus e em seguida almoça com o Governador Civil da região de Haute-Garonne e Occitanie.

No encontro com as autoridades locais francesas será apresentado o modelo de organização territorial de França, assim como a repartição das competências e do poder local, nomeadamente dos Municípios.

Angola está a preparar a realização das eleições autárquicas em 2020.

O período da tarde será dedicado à agricultura, sector que Presidente angolano prometeu desenvolver no contexto da crise económica no país, devido à queda do preço do petróleo.

João Lourenço desloca-se ao Liceu Agrícola e ao Instituto Nacional de Pesquisa Agronómica, em Auzeville.

Está ainda prevista ainda uma passagem pela cooperativa Agrícola Arterris, em Castelnaudary, e um encontro com a comunidade angolana residente em França.

De Toulouse, João Lourenço segue para a Bélgica, onde está prevista a assinatura de acordos de facilitação de vistos para empresários e homens de negócios belgas e isenção recíproca de vistos em passaportes diplomáticos e de serviço.

Ouça aqui a correspondência de Toulouse de Neidy Ribeiro.

Correspondência de Toulouse 29/05/2018 ouvir

Frederico Crespo, representante das empresas francesas em Angola, garante que o modelo de cooperativas é o modelo que melhor se aplica a esse país africano.

Frederico Crespo, representante das empresas francesas em Angola 29/05/2018 ouvir