rfi

No ar
  • RFI em Português
  • Noticiário em Português
  • RFI Mundo

Angola João Lourenço MPLA Eleições

Publicado a • Modificado a

Angola: João Lourenço desmistifica coabitação

media
João Lourenço, cabeça-de-lista do MPLA às eleições gerais 2017. STRINGER / AFP

João Lourenço desmistificou hoje em Luanda qualquer problema na coabitação com o presidente do MPLA. O cabeça de lista deste partido às eleições de Agosto lembrou que o chefe de Estado cessante prometeu abandonar para o ano a vida política.


João Lourenço anunciou a sua intenção de trabalhar "em perfeita harmonia" com José Eduardo dos Santos, chefe de Estado cessante, que se manterá na liderança do MPLA, partido no poder.

O candidato às eleições de Agosto alegou não ser correcto falar-se em coabitação por se tratar de líderes oriundos do mesmo partido, "com a vantagem de um ser presidente e outro vice-presidente do partido", numa referência a José Eduardo dos Santos e à sua pessoa, respectivamente já que ele é vice-presidente do MPLA.

Para João Lourenço tal é uma falsa questão. O candidato do MPLA alega ter sido ultrapassada a preocupação de alguns críticos era de dizer que o presidente dos Santos estava no poder há demasiado tempo.

Lourenço lembrou que o chefe de Estado deixa voluntariamente a presidência da república.

No que diz respeito ao programa económico João Lourenço reiterou a sua estratégia de combate à corrupção, reduzir as assimetrias regionais e aumentar os incentivos fiscais para o empresariado.

Os angolanos vão a votos a 23 de Agosto para as quartas eleições gerais do país: disputam o escrutínio cinco partidos (MPLA, UNITA, PRS, FNLA e Aliança patriótica), bem como uma coligação (CASA-CE).

Confira aqui um excerto da conferência de imprensa de João Lourenço, num registo gentilmente cedido pela RNA, Rádio nacional de Angola.

João Lourenço, candidato do MPLA às eleições de 23 de Agosto 14/07/2017 ouvir