rfi

No ar
  • RFI em Português
  • Noticiário em Português
  • RFI Mundo

Angola Activistas Greve de fome Justiça Liberdade de expressão Prisão Hospital

Publicado a • Modificado a

Angola: Nuno Dala acaba greve de fome amanhã

media
Nuno Dala

Nuno Álvaro Dala entregou na manhã desta quinta-feira (14/04) ao seu advogado Luís do Nascimento uma declaração, na qual afirma que amanhã à meia noite porá termo à greve de fome, iniciada a 10 de Março.


Nuno Álvaro Dala está em greve de fome desde 10 de Março para exigir a devolução dos bens pessoais que lhe foram confiscados, aquando da sua prisão a 20 de Junho, mas também quando foi transferido da prisão da Caquila, para o Hospital Prisão de São Paulo.

Estimando que as suas "exigências foram em grande medida cumpridas" e atendendo aos apelos para que pusesse termo à greve devido à deterioração do seu estado de saúde, o também professor universitário decidiu "pôr termo à greve de fome a patir da meia noite desta sexta-feira dia 15 de Abril".

Nuno Dala, internado desde ontem (13/04) na Clínica privada Girassol em Luanda remeteu esta manhã a declaração de fim de greve ao seu advogado Luís Fernandes do Nascimento pedindo-lhe que a divulgue.

Luís do Nascimento, advogado de Nuno Dala 14/04/2016 ouvir

Raquel Chitekulo, esposa de Nuno Dala mostra-se feliz e aliviada com este anúncio, que surge no momento em que a saúde de Nuno Dala se deteriora, o que pode pôr em perigo a sua vida.

Raquel Chitekulo, esposa de Nuno Dala 14/04/2016 ouvir

Por outro lado na manhã desta quinta-feira, alguns orgãos de comunicação social noticiaram que Nuno Dala teria sido transferido da Clínica Girassol para o Hospital Prisão de São Paulo, o que desmente a sua irmã Gertrudes Dala.

Gertrudes Dala, irmã de Nuno Dala 14/04/2016 ouvir