rfi

No ar
  • RFI em Português
  • Noticiário em Português
  • RFI Mundo

África Sudão Conselho Soberano de Transição Eleições Poder

Publicado a • Modificado a

Sudão: Conselho Soberano toma posse

media
O general Abdel Fattah al-Burhan tomou posse, esta quarta-feira como membro do Conselho Soberano no Sudão. SUDAN PRESIDENTIAL PALACE / AFP

Os onze membros do Conselho Soberano que vão conduzir a transição no país prestaram juramento esta quarta-feira. O Conselho Soberano deve confirmar ainda hoje o nome do economista Abdalla Hamdok para o cargo de primeiro-ministro. A composição do executivo deve ser anunciada no dia 28 de Agosto.


No Sudão está marcha a transferência do poder para os civis. Esta quarta-feira foram empossados onze membros do Conselho Soberano, seis civis e cinco militares, que vão conduzir a transição nos próximos três anos.

O Conselho Soberano será presidido nos próximos 21 meses pelo general Abdel Fattah al-Burhan, actual chefe do Conselho Militar de transição que tomou as rédeas do país depois do exército ter afastado, em Abril, o Presidente Omar el-Béchir.

O general al-Burhan deverá depois ceder o poder a um civil que vai conduzir o país nos restantes 18 meses de transição. Um período de transição que deve terminar com a realização de eleições democráticas em 2022.

O Conselho Soberano deve confirmar ainda hoje o nome do economista Abdalla Hamdok para o cargo de primeiro-ministro. A composição do executivo deve ser anunciada no dia 28 de Agosto.