rfi

No ar
  • RFI em Português
  • Noticiário em Português
  • RFI Mundo

Desporto Futebol Nigéria Tunísia África CAN Egipto 2019 Egipto

Publicado a • Modificado a

CAN 2019: Nigéria arrecadou 3° lugar

media
Odion Ighalo, avançado da Nigéria, apontou o seu quinto golo na prova frente à Tunísia RFI/Pierre René-Worms

A Nigéria acabou por conquistar o 3° lugar do Campeonato Africano das Nações de futebol ao derrotar por 1-0 a Tunísia no Estádio Al Salam no Cairo, na capital egípcia.


Pela oitava vez na sua história, a Nigéria acabou por arrecadar o 3° lugar no Campeonato Africano das Nações de futebol, e pela 15ª vez em 15 participações nas meias-finais conquistou um lugar no pódio.

Os “Super Eagles” nunca falham quando está em disputa um lugar no pódio da maior competição africana de futebol.

O jogo começou da melhor maneira, e até foi resolvido rapidamente. Aos 3 minutos de jogo, numa das primeiras ofensivas nigerianas, o avançado Odion Ighalo abriu o marcador, ele que apontou o seu quinto tento na prova, sendo por enquanto o melhor marcador do CAN 2019.

Depois do golo, pouco ou nada a dizer. Um jogo lento, pobre tecnicamente, com muitas falhas técnicas e perdas de bola. As razões podem ser múltiplas: o cansaço de uma competição que começou há quase um mês, as altas temperaturas que regressaram ao Egipto com 43°C, ou ainda a falta de motivação para lutar por um terceiro lugar e não pelo título continental.

Os nigerianos acabaram por gerir a segunda parte e arrecadar a medalha de bronze, que era o desejo do treinador franco-alemão da Nigéria, Gernot Rohr: “Vencemos uma equipa que está à nossa frente, no ranking mundial, e que não sofria nenhuma derrota há sensivelmente uma dúzia de encontros. Sabíamos que ia ser difícil, e estamos satisfeitos com este resultado. De vez em quando é melhor regressar com um triunfo na luta pelo terceiro lugar, do que com uma derrota na final. Pelo menos, vamos para casa com uma vitória para a Nigéria”, frisou.

O treinador francês da Tunísia, Alain Giresse, realçou que as "Águias de Cartago" estão a progredir: “Demos um passo em frente e tivemos uma boa progressão. De referir que a equipa da Tunísia era a nação mais jovem deste CAN. Esta evolução vai-nos permitir um trabalho simplificado para o futuro e boas perspectivas para os próximos jogos relativamente ao próximo CAN e ao Mundial”, concluiu.

A Nigéria termina no 3° lugar, enquanto as "Águias de Cartago" ficam com a 4ª posição neste torneio cuja final decorre a 19 de Julho entre a Argélia e o Senegal no Estádio Internacional do Cairo, na capital egípcia.

Ouça a Crónica do Nosso Enviado Especial ao Cairo, Marco Martins.