rfi

No ar
  • RFI em Português
  • Noticiário em Português
  • RFI Mundo
Urgente
Argélia venceu CAN 2019
Ciência
rss itunes

COP24 falhou na ambição

Por Cristiana Soares

Chegou ao fim, este fim-de-semana, a COP24. A cimeira cumpriu o objectivo, mas falhou na ambição.

A Cimeira do Clima, reunida em Katowice, Polónia, conseguiu finalizar o “livro de regras” para a aplicação do Acordo de Paris, todavia faltou vontade política para o fortalecimento das promessas climáticas.

A COP24 foi, ainda, palco de lançamento do Índice de Desempenho das Alterações Climáticas da responsabilidade da organização não-governamental Germanwatch, da Rede Internacional de Acção Climática, de que a portuguesa ZERO faz parte, e, ainda, do NewClimate Institute.

A Suécia lidera a tabela, seguida por Marrocos e a Lituânia. Estão entre os piores classificados o Irão, os Estados Unidos e a Arábia Saudita.

Em Katowice, a RFI ouviu Francisco Ferreira, presidente da associação ambientalista portuguesa ZERO, que nos falou da falta de ambição demonstrada pelos actores políticos presentes na Conferência das Partes, do recuo do Brasil no acolhimento da COP25 e do Índice de Desempenho das Alterações Climáticas.

A COP25 vai decorrer em Santiago, Chile, de 11 a 22 de Novembro de 2019.

A entrevista a Francisco Ferreira, presidente da associação ambientalista portuguesas ZERO, foi realizada durante a COP24, em Katowice, Polónia.