rfi

No ar
  • RFI em Português
  • Noticiário em Português
  • RFI Mundo

Naufrágio Barco Morte Tanzânia África Lusófona

Publicado a • Modificado a

Naufrágio de barco faz mais de 224 mortos no lago de Tanzânia

media
Ferry voltado no naufrágio do lago de Victoria na Tanzânia a 20 de setembro © Reuters TV/via REUTERS

Prosseguem as buscas de pessoas do naufrágio de ontem de uma embarcação no lago Victoria na Tanzânia. O 'ferry' levava a bordo mais de 200 a 300 passageiros, dos quais  Já morreram 224. A embarcação levava pessoas que iam para o mercado das quinta-feiras.


Até agora 224 pessoas morreram ontem no naufrágio de um 'ferryboat' MV Nyerere, no lago Victoria, na Tanzânia.

Esta manhã foram retomadas as operações de socorro, interrompidas ontem, devido a fortes chuvas que fustigavam a região do lago de Victoria.

A embarcação voltou-se devido a um excesso de passageiros e cargas quando navegava para a ilha de Ukara, no sul do maior lago de África.

Pessoas que estavam no local declararam à televisão tanzaniana, que o barco levava a bordo mais de 200 passageiros, quando a sua capacidade era de 100  pessoas.

O ministro dos Transportes, chegou a falar em 265 pessoas que iam a bordo quando o barco tinha capacidade só para 100 pessoas. 

O presidente tanzaniano, reagiu, lamentando o ocorrido e enviando pêsames às famílias das vítimas. Ao mesmo tempo dava ordens para a prisão dos responsáveis do barco.

Davis Nkuma, uma dessas pessoas presentes no local do acidente testemunhou para a RFI Swahili: 

Davis Nkama, testemunhou à RFI Swahili, sobre naufrágio de barco no lago Victoria 21/09/2018 ouvir

"O ferry voltou-se completamente; transportava muita gente porque era quinta-feira, dia de mercado. Havia igualmente vários carros no pontal.

Ao aproximar-se da ilha de Ukara, vários passageiros deslocaram-se de um lado para outro do pontal, fazendo com que uma das viaturas se desprendesse e consequentemente, fazer o barco pender-se e voltar-se ao perder equilíbrio nas águas do lago."

Esta tarde a rádio pública tanzaniana, TBC Taifa, citando o inspector-geral da polícia Simon Sirro, começou por anunciar a morte de 100 pessoas no naufrágio.

Mas é certo que o barco levava muitas pessoas que iam para o mercado de Bulgorana das quintas-feiras.  

De notar, que o naufrágio de ontem não foi o primeiro do género no lago Victória, onde há 20 anos 800 pessoas morreram quando o barco que as transportava virou-se ao largo de Mwanza.