rfi

No ar
  • RFI em Português
  • Noticiário em Português
  • RFI Mundo

Eleição presidencial Mali Manifestação Oposição

Publicado a • Modificado a

Mali : A oposição continua a contestar resultados

media
Soumaïla Cissé, candidato infeliz da eleição presidencial no Mali, durante uma manifestação de contestação dos resultados, em Bamako, a 18 de Agosto de 2018 REUTERS/Luc Gnago

No Mali, a oposição, liderada por Soumaïla Cissé, continua a manifestar nas ruas de várias cidades do País, contestando os resultados da eleição presidencial de 12 de Agosto do corrente ano, da qual saiu vencedor Ibrahim Boubakar Keïta. "A contestação vai continuar", afirma um cidadão português residente em Bamako.


Mais de 5.000 partidários do oponente maliano, Soumaïla Cissé, derrotado na segunda volta da eleição presidencial no Mali, a 12 de Agosto, participaram numa marcha de contestação dos resultados, e têm a intenção de continuar a pressionar as autoridades.

"Não aos resultados proclamados", ou "IBK não roubes a nossa vitória", eram duas das palavras de ordem mais ouvidas ontem, nas múltiplas manifestações realizadas no Mali.

Recorde-se que Ibrahim Boubakar Keïta, Presidente cessante, obteve 67,16% dos sufrágios na segunda volta da eleição presidencial, a 12 de Agosto, contra 32,84%, obtidos pelo seu adversário, Soumäila Cissé.

O empresário português Carlos Alberto Martins, residente em Bamako, reage a estes acontecimentos, e afirma que o País está calmo, apesar de tudo.

 

Empresário Carlos Alberto Martins, no Mali 26/08/2018 ouvir