rfi

No ar
  • RFI em Português
  • Noticiário em Português
  • RFI Mundo
Convidado
rss itunes

Aretha Frenklin : apagou-se a voz da Soul

Por Lígia ANJOS

A cantora afro-americana Aretha Franklin deixou-nos ontem aos 76 anos.

Cantora a quem a revista New Yorker chamou "a voz mais poderosa da história norte-americana no pós II Guerra Mundial".

Transformava dor em ira e raramente mostrou vulnerabilidades em público. Uma estratégia de defesa para sobreviver numa indústria musical e uma sociedade norte-americana dominada por homens e executivos brancos.

Uma vida atribulada e uma personalidade que se soube impor, o legado musical vai resistir ao tempo. Sempre que a música parece parada e música dela mostra que a música se mexe como garante Luís Lobo, músico cabo-verdianos, primeiro vocalista dos Tubarões.