rfi

No ar
  • RFI em Português
  • Noticiário em Português
  • RFI Mundo

Publicado a • Modificado a

Jovem maliano é herói em França

media
Presidente Emmanuel Macron recebe o jovem maliano Mamoudou Gassama Thibault Camus/Pool via Reuters

 

O herói é Mamoudou Gassana, jovem maliano de 22 anos, que salvou uma criança de 4 anos, suspensa ao parapeito de uma varanda no 4° andar de um prédio em Paris.


O presidente Emmanuel Macron atribuiu hoje a nacionalidade francesa, um diploma e a medalha da coragem e devoção ao jovem maliano de 22 anos Mamoudou Gassana, que no sábado (26/05) escalou em menos de 30 segundos quatro andares de um prédio em Paris, para salvar uma criança de 4 anos, que estava agarrada às grades da varanda e prestes a cair.

O Presidente francês convidou Mamoudou Gassana a integrar o serviço cívico dos sapadores bombeiros, que através do twiter lhe enviaram uma mensagem de boas vindas, na qual se pode ler "Mamoudou Gassana partilha os valores dos bombeiros de Paris. Estamos prontos para acolhê-lo".

Jovem maliano torna-se herói em França 28/05/2018 ouvir

O vídeo reportando a façanha espontânea do doravante conhecido como "spiderman" ou "homem aranha", teve milhões de visualizações nas redes sociais no mundo inteiro.

O pai da criança, que a tinha deixado sózinha no apartamento, foi ouvido pela polícia e será julgado em Setembro e o menino foi confiado à brigada de protecção de menores, enquanto se aguarda o regresso da sua mãe, que se encontra na ilha francesa da Reunião, no Oceano Índico.

Mamoudou Gassana tem um percurso idêntico ao de milhares de migrantes, deixou o Mali em 2013 à procura de melhores condições de vida, passou pelo Burkina Faso, Niger e Líbia - onde diz ter sofrido muito - e atravessou o Mediterrâneo, chegando a Itália em 2014 onde ficou 3 anos, estando em França onde reside designadamente o seu irmão, desde Setembro do ano passado.

Várias associações de ajuda aos emigrantes denunciam a "hipocrisia" e "recuperação política desavergonhada" que representa a atribuição da nacionalidade francesa a Mamoudou Gassana, o que não consegue atenuar a "dureza da política migratória" do governo francês.

A partir desta quarta-feira (30/05) o Senado francês vai analisar o polémico projecto de lei designado asilo-imigração.