rfi

No ar
  • RFI em Português
  • Noticiário em Português
  • RFI Mundo

Desporto África Guiné-Bissau Futebol África Lusófona Egipto Catió Baldé CAF

Publicado a • Modificado a

Mohamed Salah, melhor jogador africano 2017

media
Mohamed Salah, avançado egípcio do Liverpool, venceu o prémio de melhor jogador africano de 2017. REUTERS/Phil Noble

O egípcio Mohamed Salah, actualmente no Liverpool da Inglaterra, recebeu na quinta-feira o troféu de melhor jogador africano do ano de 2017.


O prémio de melhor jogador africano do ano, que arrecadou o egípcio Mohamed Salah, foi atribuído na Gala Anual da Confederação Africana de Futebol, que decorreu em Accra no Gana.

Pela ocasião, Mohamed Salah recordou o seu percurso como futebolista profissional. O avançado egípcio comparou o profissional que era no início da sua carreira com o que ele é actualmente, envergando a camisola do Liverpool:

"Eu vejo a minha carreira profissional por etapas. O profissional que eu era no início, não é mesmo que hoje está aqui sentado à vossa frente. No que me diz respeito, eu encaro o futuro de maneira positiva. Sei o que quero e como posso realizar. Não desejo impôr-me uma pressão excessiva. Este prémio vai ajudar-me muito, mas não quero que isto acontece só uma vez, quero ganhá-lo, uma, duas, três, quatro vezes e porque não vinte vezes?", afirmou Mohamed Salah.

Ouça as declarações do avançado egípcio.

Mohamed Salah, avançado egípcio do Liverpool 05/01/2018 ouvir

Ouça o perfil deste atleta relizado por Marco Martins com uma entrevista exclusiva à RFI de Muhammad Feizal Sidat, membro moçambicano da CAF.

Crónica de Marco Martins 05/01/2018 ouvir

No entanto em pano de fundo houve uma polémica em redor da consagração dos jogadores africanos que jogam por clubes europeus como representantes do futebol de África.

O agente desportivo guineense, Catió Baldé, defendeu que o prémio deveria ter sido atribuído a um jogador africano a actuar em África.

Catió Baldé, agente guineense 05/01/2018 ouvir