rfi

No ar
  • RFI em Português
  • Noticiário em Português
  • RFI Mundo

Senegal Manifestação África Abdoulaye Wade

Publicado a • Modificado a

Confrontos no Senegal

media
Confrontos em Dacar, Senegal. REUTERS/Finbarr O'Reilly

Dacar foi, esta quinta-feira, palco de confrontos. Ouviram-se tiros e registaram-se feridos na capital do Senegal. Centenas de senegaleses protestavam contra o projecto de reforma constitucional. Depois do sucedido, o presidente do país retirou o projecto de reforma.


No Senegal, um pouco por todo o país, registaram-se manifestações. Os senegaleses contestam o projecto de reforma constitucional. Uma reforma desejada pelo presidente do país, Abdoulaye Wade, que visava baixar para 25% a percentagem mínima necessária para a eleição do presidente e de um vice-presidente.

Entretanto, em Dacar, o que era uma manifestação, acabou em confronto violento. Na capital senegalesa, ouviram-se tiros e registaram-se vários feridos. Entre os feridos, está Alioune Tine, Presidente da Associação Encontro Africano para a Defesa dos Direitos Humanos.

No seguimento destes acontecimentos, o presidente Abdoulaye Wade acabou por retirar o projecto de reforma.

Com a colaboração do nosso correspondente em Dacar, Cândido Camará.

Cândido Camará, correspondente em Dacar 23/06/2011 ouvir