rfi

No ar
  • RFI em Português
  • Noticiário em Português
  • RFI Mundo

África Lusófona Cabo Verde Eleições legislativas Fraude

Publicado a • Modificado a

Oposição em Cabo Verde denuncia compra de votos nas legislativas

media
Miguel Martins

A União Cabo-verdiana Independente e Democrática -UCID, a terceira força política nacional,  acusou o Partido Africano de Independência de Cabo Verde- PAICV de ter comprado  votos nas eleições legislativas do passado dia 6 de fevereiro.


 

As acusações foram feitas pelo Presidente do conselho nacional da União Cabo-verdiana Independente e Democrática -UCID, Ilídio Silva, que afirmou que as eleições legislativas foram as mais fraudulentas na história da democracia cabo-verdiana. Ilídio Silva, referiu que um avião privado, proveniente de um país africano, terá aterrado na ilha de São Vicente, no dia de reflexão, levando dinheiro para comprar os votos da população.

Acusações que já foram desmentidas pelo secretário-geral do PAICV. Armindo Maurício considerou descabidas as acusações do presidente do conselho nacional da UCID e disse que o seu partido não comprou votos.

A mesma teoria defende a empresa de aviação aérea, pela voz do diretor do aeroporto internacional de São Pedro, na Ilha de São Vicente, Nuno Santos disse que as afirmações da União Cabo-verdiana Independente e Democrática -UCID, são falsas.

 

Com a colaboração do nosso correspondente na cidade da Praia, Odair Santos.

Correspondência de Cabo Verde 16/02/2011 ouvir