rfi

No ar
  • RFI em Português
  • Noticiário em Português
  • RFI Mundo

Macau China Região Administrativa Especial Ho Iat Seng Hong Kong Executivo

Publicado a • Modificado a

Macau: elege novo chefe do Executivo

media
Hot Iat Seng foi eleito chefe do Executivo de Macau. 25 de Agosto de 2019 CARMO CORREIA/LUSA

Ho Iat Seng , antigo presidente da Assembleia Legislativa de Macau foi eleito neste domingo chefe do Executivo do território chinês. Seng que sucede à Fernando Chui Sai On, tomará posse no novo cargo, no dia 20 de Dezembro. Candidato único ao posto, Ho Iat Seng foi eleito com mais de trezentos votos, sete em branco e um nul. A comissão eleitoral que presidiu a eleição do novo administrador de Macau é formada por 400 membros, que representam os quatros sectores da sociedade macaense .


Com 62 anos de idade, Hot Iat Seng, foi eleito com 392 votos, depois da sua candidatura ter tido o apoio das autoridades de Pequim, por uma comissão eleitoral, de 400 membros, que representa os quatro sectores da sociedade de Macau, território chinês, denominado a partir de 20 de Dezembro de 1999, Região Administrativa Especial da República Popular da China. Até à data atrás referida, a ilha de Macau era administrada por Portugal.

No programa político intitulado de Sinergias e Avanço,Mudanças e Inovação, Ho Iat Seng definiu como objectivos para os cinco próximos anos,melhorar a qualidade da gestão pública, diversificar a economia macaense, muito depente das receitas da indústria do jogo, optimizar a qualidade de vida da população, bem como acelerar a formação de talentos e lançar as bases de uma cooperação cultural.

Neste âmbito, Seng tenciona posicionar o território como plataforma entre a China e os países de Língua Portuguesa, nomeadamente no que toca à cooperação comercial, de forma a incrementar o turismo e a expandir o sector industrial.

Ho Iat Seng sublinhou, que contráriamente ao que se passa, na também região especial administrativa de Hong Kong, Macau não vai desviar-se do princípio de uma boa relação com o Governo Central de Pequim.

Hong Kong, afectada por protestos desde há varias semanas, atravessa a sua pior crise política desde a transferência de soberania do Reino Unido para a Chine em 1997.

 

Depois da sua reintegração política e administrativa na China em 20 de Dezembro de 1999, Macau é regido pela Lei Básica de Região Administrativa Especial de Macau ( RAEM ) que garante a manutenção de um país, dois sistemas.

 

Hot Iat Seng, que toma posse no novo cargo a 20 de Dezembro,substitui Fernando Chui Sai, que chefiava o executivo de Macau desde há 10 anos e que por determinação legal não podia recandidatar-se.

A  Associação Novo Macau, que reivindica a qualidade de movimento pró-democracia, criticou a exclusão de 310 mil eleitores na votação para a escolha do novo chefe do Governo local .