rfi

No ar
  • RFI em Português
  • Noticiário em Português
  • RFI Mundo

Imigrantes Lei Estados Unidos Polícia Donald Trump Rota Migratória Operação

Publicado a • Modificado a

Estados Unidos:vasta rusga policial contra migrantes

media
O Presidente dos Estados Unidos em Washington, no dia 30 de julho de 2019. REUTERS/Leah Millis

Uma vasta rusga contra migrantes no estado americano de Mississippi, no sul dos Estados Unidos, durante a qual 680 pessoas, trabalhando no sector agro-alimentar, foram detidas, suscitou uma onda críticas e interrogações, sobre a política migratória de Donald Trump. No decurso da operação levada a cabo pela polícia de imigração americana, os filhos menores dos adultos presos ficaram entregues a si mesmos.A rusga policial decorreu em seis cidades do Mississippi, onde existem seis fábricas de agro-alimentar.


A rusga policial contra os migrantes visou fábricas do sector agro-alimentar, sediadas em seis cidades do estado meridional americano do Mississippi. Os polícias dos serviços de imigração dos Estados Unidos prenderam 680 trabalhadores estrangeiros, dos quais 122 cidadãos americanos, que foram encaminhados para centros de detenção para serem julgados e possívelmente deportados.

Marcelo Ebrad, ministro dos Negócios Estrangeiros do México, declarou que o governo do seu país vai garantir apoio jurídico a todos os cidadãos mexicanos presos no decurso da rusga policial.

A operação fez com que os filhos menores dos imigrantes detidos nao encontrassem os seus pais, quando voltaram da escola para as suas casas. Um canal de televisão da cidade de Forest, mostrou imagens de crianças a chorar implorando a libertação dos seus pais.

Candidata às primárias democratas, a jurista e senadora , Kamala Harris acusou as rusgas ICE ( Serviços de Imigração e Alfândega ) de terem como objectivos, separar famílias, espalhar o medo e aterrorizar as comunidades de migrantes.

Os responsáveis do ICE, afirmaram durante uma conferência de imprensa, que a operação policial foi planificada há meses.

Segundo Mike Hurst, procurador do distrito sul do Mississippi, os estrangeiros que desejam residir nos Estados Unidos devem respeitar as leis americanas, ou então abster-se de fazê-lo ilegalmente.

Recorrendo ao termo de invasão, o Presidente Donald Trump prometeu recentemente que iria acelerar o processo de expulsão de milhões de imigrantes chegados aos Estados Unidos de forma ilegal.