rfi

No ar
  • RFI em Português
  • Noticiário em Português
  • RFI Mundo

Renamo Moçambique Afonso Dhlakama Política Gorongosa

Publicado a • Modificado a

Renamo escolhe sucessor de Dhlakama em Janeiro

media
Apoiante Renamo GIANLUIGI GUERCIA / AFP

A Renamo marcou para 15 de Janeiro o congresso que vai escolher novo presidente do partido. O anúncio foi feito no final do 6.º Conselho Nacional da Renamo.


A Resistência Nacional Moçambicana, principal partido da oposição em Moçambique, vai escolher de 15 a 17 de Janeiro de 2019, na Gorongosa, centro do país, o sucessor de Afonso Dhlakama, antigo líder do partido que morreu em Março passado.

O partido definiu que o sucessor de Dhlakama deve cumprir uma serie de requisitos, como deve ter a nacionalidade moçambicana, ocupado a função de secretário-geral, 15 anos de militância e ser membro idóneo e de reconhecido mérito.

Apesar das condições, um dos possíveis candidatos à sucessão de Afonso Dhlakama é Elias Dhlakama, irmão do antigo líder, mesmo não cumprindo todos os requisitos exigidos para o cargo.

O 6.º Conselho Nacional da Renamo pediu ainda ao Governo moçambicano para acelerar a Desmilitarização, Desmobilização e Reintegração do braço armado do partido.

José Manteigas, porta-voz da Renamo 01/12/2018 ouvir

Com a colaboração de Orféu Lisboa, correspondente em Maputo.