rfi

No ar
  • RFI em Português
  • Noticiário em Português
  • RFI Mundo

ONU Angola João Lourenço Política Conselho de Segurança

Publicado a • Modificado a

Lourenço quer nova composição do Conselho de Segurança

media
João Lourenço, presidente de Angola na 73ª Assembleia-Geral das Nações Unidas. 25/09/18 TIMOTHY A. CLARY / AFP

João Lourenço discursou esta quarta-feira, em Nova Iorque, na 73ª Assembleia-Geral das Nações Unidas. Uma alocução virada para a política internacional.


João Lourenço discursou esta quarta-feira, em Nova Iorque, na 73ª Assembleia-Geral das Nações Unidas. No dia em que o presidente de Angola assinala o primeiro aniversário do seu mandato, estreou-se no púlpito das Nações Unidas. Uma alocução virada, essencialmente, para a política internacional e também para a necessidade de se rever a composição do Conselho de segurança.

É neste alargado fórum que se discutem, decidem e encontram as melhores soluções para os mais graves problemas e conflitos da actualidade que podem por em risco a própria sobrevivência da humanidade. Refiro-me à fome e miséria que afectam milhões de cidadãos no mundo, o aquecimento global e as suas consequências, as migrações em massa”, sublinhou o chefe de Estado angolano.

João Lourenço lembrou igualmente que o mundo ainda tem inúmeros conflitos a resolver, “velhos conflitos” que devem ser reconhecidos: “apesar dos progressos verificados no presente, é importante reconhecer a existência de velhos conflitos ainda por resolver, como o israelo-palestino no Médio Oriente. Congratulamo-nos com os passos que vêem sido dados ultimamente para a desnuclearização completa da península coreana”.

O presidente de Angola, falou ainda da necessidade de se rever a composição do Conselho de Segurança da ONU, “muitas têm sido as vozes a exigir reformas profundas na Organização das Nações Unidas, que se adequem aos novos tempos e o alargamento e a reforma do seu Conselho de Segurança representando melhor as diferentes regiões geopolíticas do nosso planeta”.

A 73.ª Assembleia-Geral das Nações Unidas começou esta terça-feira em Nova Iorque e prolonga-se até dia 1 de Outubro.

João Lourenço, presidente de Angola 26/09/2018 ouvir