rfi

No ar
  • RFI em Português
  • Noticiário em Português
  • RFI Mundo

França Bélgica canção Francófono Música

Publicado a • Modificado a

Bélgica: morre Maurane a mais jazzy das cantoras francófonas

media
Maurane, cantora Bélgica falecida a 07 de Maio de 2018 Guillaume Cosson

Maurane cantora belga e uma das maiores vozes da canção francófona dos últimos 30 anos faleceu na segunda-feira dia 7 de Maio,em Schaerbeek, comuna da região de Bruxelas em que ela residia com 57 anos de idade. A mais jazzy das cantoras francófonas, Maurane foi descoberta pela França em 1988, através da opera-rock "Starmania" escrita pelo pianista e compositor Michel Berger. Foi em homenagem a Francis Morane, encenador de "Starmania, que a então jovem cantora escolheu Maurane como nome artístico


Maurane , cujo nome verdadeiro é Claudine Luypaerts, iniciou as suas actividades musicais na adolescência através da participação em vários concursos e como cantora de rua.

Em 1979, ela foi descoberta pelo compositor e produtor francês, Pierre Barouh,depois de uma participação no concurso Brel en mille temps consagrado à música de Jacques Brel. Maurane foi igualmente corista para os seus compatriotas Jo Lemaire e Philippe Lafontaine. Depois de ter trabalhado de 1980 a 1986 com Pierre Barouh no ambiente caótico da gravadora Saravah,Maurane , a cantora impregnada de jazz e blues, vai finalmente tornar-se conhecida em 1988, graças à composições como Les uns contre les autres e Toutes les Mamas ou posteriormente, em 1992 ,com Sur un Prélude de Bach.

Com 14 álbuns gravados,Maurane, era também uma artista envolvida em causas sociais e humanitárias. A sua carreira tinha sido relançada em 2009, pelo álbum Nougaro ou l'espérance en l'Homme, no qual ela revisita 15 composições emblemáticas do baluarte da canção jazzy à francesa.Ouvre, o último album de Maurane,foi publicado em 2014.

Dois dias antes da sua morte aos 57 anos, Maurane tinha actuado na Festa do Iris em Bruxelas e anunciado a gravação de um novo álbum dedicado à Jacques Brel, depois de uma retirada de dois anos, devido à uma delicada operação das cordas vocais.

Claudine Luypaerts, aliás Maurane, nasceu em 12 de Novembro de 1960 em Ixelles e faleceu em Schaerbeek, ambas comunas da região de Bruxelas.