rfi

No ar
  • RFI em Português
  • Noticiário em Português
  • RFI Mundo

Moçambique Chuvas Maputo África África Lusófona

Publicado a • Modificado a

Moçambique: chuvas torrenciais obrigam habitantes a abandonar casas em Maputo e Matola

media
David Simango, presidente Câmara Municipal de Maputo. http://www.clubofmozambique.com

Em Moçambique, as chuvas colocam a nu graves problemas de saneamento nas principais cidades mocambicanas. Na capital do país por exemplo, as fortes chuvas que se registaram no período da manhã de sábado e deste domingo provocaram o alagamento de alguns bairros e principais avenidas, situação que deixa agastada os munícipes. O autarca de Maputo, David Simango, assegurou que o problema tem os dias contados.


O Instituto Nacional de Meteorologia INAM alerta para a queda de chuvas fortes nas provincias do centro e Inhambane no sul de Mocambique. O INAM apela a observância de medidas de precaução e seguranca.

Na capital mocambicana, o Presidente do Conselho Municipal revelou a aprovação pelo executivo de 60 milhões de dolares,de forma a resolver o grave problema no sistema de drenagem da água das chuvas e do saneamento do meio ao nível da capital mocambicana.

David Simango reagiu a situação das chuvas que têm estado a cair em abundancia desde a madrugada de sabado, provocando alagamento em alguns bairros e principais avenidas da capital mocambicana.

O autarca sublinhou, em declarações recolhidas pelo nosso correspondente Orfeu Lisboa, que os actuais problemas serão resolvidos o mais brevemente possível.

David Simango, Presidente do Conselho Municipal de Maputo 11/02/2018 ouvir

A situação coloca a nu o grave problema de saneamento que Maputo enfrenta.Nas cidades de Maputo e Matola, as águas invadiram as casas, o que obrigou várias famílias a procurar abrigo noutras zonas .

Esta situação ocorreu designadamente no bairro Fomento, no município da Matola, onde os habitantes apontam igualmente problemas no sistema de drenagem.