rfi

No ar
  • RFI em Português
  • Noticiário em Português
  • RFI Mundo

Governo Universidade Moçambique Ensino África Lusófona

Publicado a • Modificado a

Governo moçambicano tenciona fechar mais de 20 Universidades

media
Filipe Nyusi, Presidente de Moçambique. THIERRY CHARLIER / AFP

Em Moçambique, o Governo moçambicano ameaça encerrar delegações de universidades sem condições. Ao todo são 28 universidades nesta situação, segundo revelou o Ministro da Ciência e Tecnologia, Ensino Superior e Técnico Profissional de Moçambique, Jorge Nhambiu.


Poderão ser encerradas as universidades que funcionam sem respeitar a legislação, os planos de formação e sem o corpo docente habilitado para ministrar cursos de nível superior em Moçambique. O alerta é do Ministro da Ciência e Tecnologia, Ensino Superior e Técnico Profissional, Jorge Nhambiu.

O alerta governamental, que recai numa primeira fase sob 28 delegações de universidades e institutos superiores surge numa altura em que aumentam as queixas da má qualidade dos formandos do ensino superior em Moçambique.

A fiscalização  das  universidades  foi iniciada  em  2015, quando o  Ministério de  tutela do Ensino Superior  de Moçambique, emitiu um despacho estipulando que os referidos estabelecimentos, bem como institutos e escolas superiores, deviam conformar-se com o decreto 48/2010  que regulamenta o licenciamento e o funcionamento  do Ensino Superior moçambicano.

Uma  primeira  advertência às  universidades infractoras tinha sido feita pelo governo em 2016.     

Correspondência de Orfeu Lisboa 11/02/2018 ouvir