rfi

No ar
  • RFI em Português
  • Noticiário em Português
  • RFI Mundo

Davos Donald Trump Estados Unidos Presidente Negócios Mali

Publicado a • Modificado a

Donald Trump:Estados Unidos dispostos a acolher investidores

media
O Presidente Donald Trump durante o seu discurso no World Economic Forum (WEF) nesta sexta-feira em Davos,na Suíça. 26 de Janeiro de 2018 REUTERS/Denis Balibouse

Contráriamente ao que se esperava em Davos, onde encerrou nesta sexta-feira o Forum Económico Mundial, o Presidente Donald Trump, perante os chefes de Estado e grandes empresários mundiais, optou por um discurso comedido, tendo apelado para o mundo venha investir nos Estados Unidos. Segundo o Chefe de Estado americano,o seu país mais do que nunca tornou-se um lugar competitivo e aberto para se fazer negócios.Acolhido pela música de uma fanfarra, Donald Trump, não perdeu igualmente a oportunidade para criticar a postura dos media em relação à sua pessoa.Trump sublinhou que o seu America First, não significa de forma alguma que os outros países não devem também velar pelos seus interesses.


Os empresários mundiais , Chefes de Estado e demais protagonistas da economia mundial reunidos na sexta-feira em Davos, na Suíça, onde encerrou o Fórum Económico Mundial foram supreendidos pelo discurso equilibrado do Presidente Donald Trump.

Trump voltou a destacar a sua estratégia do America First, mas aproveitou a ocasião para sublinhar que a mesma não significa de forma alguma que os outros países não podem ou não devem também velar pelos seus interesses.

O Chefe de Estado americano realçou por outro lado que, velar pelos seus interesses não é isolar-se. De acordo com Donald Trump, os Estados Unidos implementaram recentemente uma das reformas fiscais mais ousadas da história, de forma a liberalizar e a incentivar os negócios no seu país,que possui a economia mais importante do mundo.

O Presidente americano,apelou para que os investidores venham com os seus projectos aos Estados Unidos .

Os Estados Unidos estão prontos para fazer negócios . O nosso país é novamente competitivo. A economia americana é de longe a mais importante do mundo. Este é o momento ideal para que vocês tragam os vossos empreendimentos, empregos, bem como investimentos aos Estados Unidos.

O que eu afirmo é uma realidade, porque os Estados Unidos implementaram uma extensa redução regulamentar, jamais concebida.Eu defendi a supressão do excesso de regulamentações desnecessárias, em benefício de uma única regulamentação nova.

Nós conseguimo-lo para além das nossas maiores expectativas.Em vez de duas em uma, nós suprimimos vinte duas regulamentações pesadas.

Para cada uma das novas regras, nós libertamos os nossos negócios e os nossos trabalhadores,para que eles possam crescer e prosperar como nunca até a data. (Donald Trump)

Segundo os analistas em Davos, Donald Trump, recorreu à sedução para convencer , que os Estados Unidos é o país em que se deve investir e realizar negócios.

Os investidores americanos presentes em Davos,mostraram a sua satisfação perante as medidas tomadas pela Administração Trump a favor das empresas.O Chefe de Estado americano tranquilizou igualmente os parceiros comerciais dos Estados Unidos,declarando que o dólar continuará a ser uma moeda forte.

Donald Trump pediu ao seu homólogo ruandês Paul Kagame para que este último transmitisse os seus calorosos sentimentos aos Chefes de Estado da União Africana,que tinham criticado vigorosamente o Presidente americano pelas suas palavras nas quais qualificava os países africanos de buracos de merda.